Notícias

Informativos e Novidades sobre o Turismo em Olímpia-SP.

  • Postado em: 05/10/2021

Olímpia celebra conquista da primeira Igreja elevada a Santuário Diocesano

A Estância Turística de Olímpia comemora mais uma grande conquista de um marco histórico para a cidade. No próximo dia 12 de outubro, feriado nacional da Padroeira do Brasil, o município concretizará a elevação da Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida a Santuário Diocesano, o primeiro de Olímpia.


A Igreja Matriz foi fundada em meados de 1940, transformada em Paróquia em 1958 e, agora, chega à dignidade de Santuário. Conhecida carinhosamente como “Igrejinha”, a Paróquia foi erguida em terreno santo, no antigo cemitério da cidade. Admirada pela sua beleza, tem sua estrutura em formato de cruz, altar todo em mármore e pinturas nas paredes internas, feitas pelo artista olimpiense Dakinho, que ordena em sequência cronológica o projeto amoroso de Deus para a vida de Nossa Senhora Aparecida.

O feito da elevação está sendo celebrado com uma programação especial, ao longo desta semana, com novenas, missas, confissões, romarias, entre outras atividades, sendo o encerramento na próxima terça-feira (12), com a Missa de Elevação a Santuário, às 19h30, na Igreja, presidida pelo Bispo da Diocese de Barretos, Dom Milton Kenan Júnior, que foi também um dos principais incentivadores da realização.


Segundo a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, a conquista é fruto do trabalho de evangelização desenvolvido pelos frades franciscanos desde a vinda dos freis italianos há mais de 60 anos, que comunicam e preparam com alegria e fé o povo de Deus. A comunidade é conhecida ainda pela forte atuação em projetos sociais junto às famílias que mais precisam, entre eles distribuição mensal de cestas básicas e kits de higiene, fornecimento da sopa solidária às quintas-feiras e almoço franciscano aos domingos, com a entrega de marmitas. Além disso, a Paróquia também oferece assistência psicológica gratuita a todos os fiéis que, neste período de pandemia, sofrem por perdas e dificuldades.

Tais ações destacaram a Paróquia, atraindo cada vez mais fiéis e fazendo com que a Diocese enxergasse uma igreja em potencial de evangelização. O projeto de elevação a Santuário, fortalecido por Dom Milton, foi aprovado pelo Conselho de Presbíteros, após visita paroquial.

Com isso, a Igreja está passando por mudanças até mesmo de rotinas para receber os peregrinos, romeiros e devotos, que poderão buscar o Santuário para pagamento de promessas, bençãos, celebrações, confissões e gestos de fé e caridade. Uma lojinha de artigos religiosos foi instalada na praça da igreja, com terços, imagens, pulseiras, escapulários, crucifixos, camisetas, objetos de decoração, e velas para promessas, pedidos e agradecimentos. Um kit do Santuário também foi montado, com a imagem de Nossa Senhora Aparecida, um terço e vela já abençoados.

As comemorações contam ainda com uma Barraca de Quitutes, na praça, com a venda de roscas, bolos, pães, doces caseiros, bolo confeitado e bolo de pote com a medalha de Nossa Senhora Aparecida, além da novidade mais que especial, que é o pastel em formato da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Todos os insumos para a confecção dos produtos são frutos de doação da comunidade e toda a arrecadação é revertida para a manutenção dos projetos sociais.

Para o pároco Frei Lucas Lisi Rodrigues, essa elevação é um marco no seu ministério sacerdotal. “Com a graça de Deus estou vivendo um momento marcante na vida de Olímpia e de nossa paróquia. Saber que como pároco, idealizei um sonho que foi concretizado desde a chegada dos primeiros freis em nossa cidade, é motivo de alegria. Um sentimento de missão cumprida.”

Além deste marco, a Paróquia de Nossa Senhora teve participação também na consolidação do ramal de Olímpia na rota oficial do Caminho da Fé, o mais famoso trajeto de peregrinação religiosa do Brasil, que leva romeiros até o Santuário Nacional de Aparecida.

 

Veja Também